Entenda tudo sobre o mundo das Milhas e Viagens.

Na Hot Milhas a segurança está em primeiro lugar, mais de 1.000.000 pessoas aprovam no Facebook.

Blog

19 abr 2017

4 maneiras de saber se a empresa está lhe pedindo muitas milhas

Resgatar passagens aéreas com milhas é uma ótima opção para economizar um pouco em uma viagem. Vale muito a pena ir juntando aos poucos até conseguir uma quantidade suficiente para trocar; em alguns casos, até mesmo comprar milhas pode ser uma boa opção, pois elas podem custar menos que o valor da passagem.

Cada empresa aérea tem suas regras e seus valores, então é preciso analisar as opções para escolher em qual programa juntar suas milhas. Também é importante ver se a quantidade de milhas pedida pela empresa não é excessiva.

A maioria das empresas cobra um valor justo, mas pode acontecer de determinadas passagens estarem custando mais milhas do que deveriam. É difícil perceber isso se você não costuma acompanhar a variação dos valores das passagens. Além disso, não é possível comparar os valores entre muitas empresas como fazemos com preços em dinheiro, já que cada uma tem suas regras próprias e o valor das milhas não é padronizado.

Mas, então, como saber se a empresa está pedindo muitas milhas naquela passagem específica que você quer comprar? É isso vamos que te ensinar no post de hoje. Confira:

Como identificar uma empresa que pede muitas milhas

Analise os valores de voos similares em outras datas

Geralmente, o valor das passagens em milhas não varia tanto dentro da mesma empresa aérea. Pesquise voos similares — mesmo trecho, de preferência no mesmo horário e mesmo dia da semana — em outras datas, e veja se os valores são compatíveis.

É importante manter esses critérios porque as passagens nos fins de semana costumam ser mais caras, assim como em feriados e meses de alta temporada. Então, não vá comparar um voo em uma quarta feira comum de abril com um voo em uma sexta feira de feriado ou em meses de férias, por exemplo.

Se você ver que nas outras datas semelhantes às suas o voo está custando menos, então é sinal de que talvez não valha tanto a pena gastar suas milhas ali. Também é importante lembrar que se você estiver comprando passagens de última hora elas costumam ser um pouco mais caras que o normal.

Calcule se vale a pena resgatar com milhas e dinheiro

A maioria das companhias aéreas oferece a opção de comprar as passagens pagando um pouco em milhas e um pouco em dinheiro. Pesquise o valor do voo nas três opções (apenas dinheiro, apenas milhas ou divido entre os dois) e faça a comparação. Algumas vezes, resgatar com milhas e dinheiro pode sair mais em conta

Vale mencionar também que em alguns casos, principalmente em voos nacionais, vale a pena comprar um trecho em dinheiro e resgatar o outro com milhas, em vez de dividir a compra nos dois trechos. Por isso, não deixe de considerar todas as possibilidades

Veja quanto você ganharia vendendo determinada quantidade de milhas

Em alguns casos, fica mais barato comprar as milhas e trocar pelas passagens em vez de comprar as passagens diretamente em dinheiro. Em outros casos, a empresa pode cobrar um valor tão alto em milhas que, se você vender seus pontos, você consegue comprar a mesma passagem em dinheiro e ainda sobra uma quantia para você aproveitar durante a viagem.

A principal dica para não pagar mais que o necessário é pesquisar bastante para evitar prejuízos! Além disso, quem junta milhas sabe que é preciso tomar muito cuidado para não passar por outros problemas e para evitar muita dor de cabeça. Quando for escolher uma companhia aérea para se fidelizar e juntar suas milhas, pesquise também sobre outros problemas que podem existir e quais são as principais reclamações dos clientes — e qual a postura da empresa para resolver essas situações.

Confira as reclamações de outras pessoas sobre a companhia

As principais reclamações feitas pelos consumidores sobre as companhias aéreas são relacionadas a cobranças indevidas ou bagagens extraviadas, mas, os problemas com milhas também são muito recorrentes. Em geral, as reclamações são referentes a milhas que não foram creditadas ou que expiraram indevidamente.

Para verificar se uma empresa tem muitas reclamações, você pode consultar o Procon, pelo site ou telefone 151, ou o site Reclame Aqui.

Caso você tenha um problema, entre em contato primeiramente com a companhia aérea. Se ela não conseguir ou não se dispor a resolver, você pode também fazer a reclamação no site Reclame Aqui — apesar de ser informal, o site tem um peso grande na reputação das empresas e costumam chamar a atenção dela. Se ainda assim não funcionar, você pode buscar o Procon de sua cidade ou entrar em contato com a ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil).

Como se proteger do roubo de milhas

Como acontece?

Os programas de milhas estão evoluindo cada vez mais, e hoje elas não servem somente para trocar por passagens aéreas: também é possível vendê-las e, alguns programas, trocá-las por produtos e serviços. Infelizmente, com o aumento das possibilidades também aumenta o risco de ser roubado.

O roubo pode ser feito por meio de vírus, ataques cibernéticos ou mesmo golpes por telefone. Os ladrões geralmente vendem as milhas ou resgatam passagens aéreas em nome de terceiros, que normalmente são pessoas que não fazem ideia do que está acontecendo e também estão caindo em um golpe.

Como evitar?

Para evitar que suas milhas sejam roubadas, se previna de vírus no seu computador, nunca passe dados pessoais por telefone e não abra anexos de e-mails que afirmam ser de programas de milhas — é pouco comum que as empresas enviem anexos em seus e-mails.

Além disso, é bom checar periodicamente o seu extrato; assim, caso seja roubado você descobrirá rapidamente.

Como resolver?

Caso esse problema ocorra com você, é necessário entrar em contato com a companhia aérea o mais rápido possível. Se você não tiver como provar que as milhas foram roubadas, não tem problema. A empresa geralmente tem um backup com todas as informações da sua conta e, caso você esteja errado, é ela quem irá provar isso.

Caso o roubo seja comprovado, a companhia deve ressarcir o cliente rapidamente. Se a devolução não for feita, ou demorar muito, o usuário poderá pedir indenização por danos morais.

Gostou das nossas dicas? Assine nossa newsletter para ficar sempre por dentro das novidades e receber mais informações que podem te ajudar a economizar muitas milhas!

Posts relacionados

Comentários

*