Entenda tudo sobre o mundo das Milhas e Viagens.

Na Hot Milhas a segurança está em primeiro lugar, mais de 1.000.000 pessoas aprovam no Facebook.

Blog

11 mai 2017

Conheça 5 investimentos inteligentes para gerar renda extra

Em tempos de crise, todo mundo está buscando formas de gerar renda extra. Se esse é o seu caso, saiba que existem investimentos inteligentes que podem estar na sua mão.

Quando se pensa em investimentos, logo vem à mente a ideia de que se trata de um clube de milionários que aplica em ações na bolsa de valores. Mas isso não é verdade. Atualmente, existem diversas modalidades de investimentos que podem fazer o seu dinheiro render bastante.

Existem investimentos com maior e menor risco. O importante é que você escolha uma modalidade que esteja de acordo com o seu perfil e que ofereça um retorno adequado para que você cumpra seus objetivos. Uma boa maneira de começar a investir é traçar uma meta pessoal, para que você tenha noção do quanto vai precisar em termos de renda extra.

Se o seu objetivo for comprar um carro, o montante é um. Se for adquirir um apartamento, o valor gerado deverá ser maior. E assim por diante.

Neste post, preparamos 5 opções de investimentos inteligentes para você gerar renda extra a partir do seu salário. Veja se algum deles está de acordo com o seu perfil:

1. Acumule milhas no seu cartão de crédito

Se você tem um cartão de crédito, saiba que ele é um poderoso instrumento não só para organizar a sua vida financeira, mas também para gerar uma  renda extra.

Quem faz compras utilizando o cartão de crédito acumula pontos no programa de milhagens, que podem ser trocados por prêmios ou por passagens aéreas em diversas companhias. Mas o que você não sabe é que as milhas também podem ser vendidas para empresas especializadas neste tipo de negócio. É uma transação legal, rápida e lucrativa para você, já que permite que suas compras sejam convertidas em dinheiro.

Para vender suas milhas, você deve se cadastrar no site de uma empresa especializada e informar quantos pontos você tem no seu cartão. A partir daí, você recebe a cotação no seu e-mail e decide se quer ou não vender suas milhas.

O site fornece cotação de todas as companhias aéreas cadastradas e você pode escolher vender para aquela que oferecer os valores mais atrativos.

Isso significa que se você pagar todas as suas despesas com o seu cartão de crédito, poderá acumular muitas milhas e gerar renda extra a partir da venda delas. É ou não é um bom negócio?

2. Participe de clubes de fidelidade

Além do acúmulo de pontos em cartões de crédito, os programas de fidelidades estão presentes em diversas empresas. Postos de gasolina, lanchonetes, lojas de roupas e restaurantes são alguns dos estabelecimentos que oferecem pontos a cada vez que você utiliza os seus serviços.

Esses pontos podem ser trocados por vantagens nas próprias empresas, mas também podem ser vendidos. Muitas pessoas negociam os pontos acumulados em clubes de fidelidade e conseguem um bom dinheiro extra fazendo isso.

3. Invista em letras de crédito

As Letras de Crédito têm se tornado muito populares entre os investidores por se tratarem de formas seguras e rentáveis de multiplicar os recursos.

Basicamente, as instituições financeiras trabalham com dois tipos de Letras de Crédito:

LCA (Letra de Crédito do Agronegócio)

Trata-se de um título emitido pelos bancos para financiar produtores do agronegócio. A principal vantagem para quem investe em LCA é a isenção de Imposto de Renda, benefício que é concedido pelo governo para fomentar a atividade agrícola.

LCI (Letra de Crédito Imobiliário)

A operação é bastante semelhante à LCA, com a diferença é que a LCI são títulos utilizados pelos bancos para financiar as atividades do setor imobiliário.

Tanto o LCI quanto o LCA oferecem cerca de 97% do CDI (Certificado de Depósito Interbancário) para quem faz aportes mínimos de 10 mil reais. Mas existem algumas instituições que trabalham com aportes menores.

Como se trata de uma operação garantida pelo Fundo Garantidor de Crédito, o risco para o investidor é muito pequeno.

4. Aposte no Tesouro Direto

Um investimento que paga a taxa básica de juros durante o período da aplicação. Parece interessante, não é mesmo? Esse é o Tesouro Direto, uma aplicação que vem sendo bastante difundida, devido aos baixos valores praticados para o aporte inicial e a segurança da modalidade.

O tesouro direto funciona da seguinte maneira: o governo emite os títulos em busca de recursos para fomentar a atividade pública. Portanto,quem investe no tesouro direto está contribuindo para o desenvolvimento do país.

Ao final do prazo para o investimento, o governo devolve o recurso aplicado acrescido da taxa de juros acordada no momento da aplicação.

Trata-se de uma operação que tem a segurança do Fundo Garantidor de Crédito. Além disso, como tratam-se de títulos do governo federal, não há risco de falência ou não recebimento dos rendimentos ao final do plano.

5. Faça um CDB

O investidor que aplica em CDB (Certificado de Depósito Bancário) está emprestando dinheiro ao banco para que ele possa emprestá-lo a outros clientes. O pagamento deste recurso é feito ao final do prazo do investimento, acrescido dos juros combinados.

Uma das vantagens do CDB é o fato de que você pode combinar a taxa de juros com o banco, no momento da aplicação. A taxa pode ser pré ou pós-fixada.

Caso opte pela primeira, você terá a vantagem de receber o seu dinheiro ao final do investimento, com o rendimento programado. No caso do CDB pós-fixado, é utilizada uma taxa que varia durante o tempo do investimento. Com isso, o seu retorno poderá ser maior ou menor, dependendo do comportamento do mercado financeiro.

Assim como os investimentos anteriores, o CDB também tem a segurança do Fundo Garantidor de Crédito. O valor inicial de aplicação varia de acordo com a instituição que você escolher.

Viu só quantas possibilidades para você gerar renda extra e realizar os seus sonhos? Se você ainda tiver dificuldades em separar valores para investir, experimente fazer uma planilha de gastos financeiros, para que possa ter uma visão global das suas despesas e receitas.

Se você gostou deste conteúdo, curta nossa página no Facebook e tenha acesso a muito mais posts sobre este assunto!

Posts relacionados

Comentários

*