Blog

Cotação em 1 minutoem seu e-mail

Sua cotação em 1 minuto

Quero vender minhas milhas:

Veja nossa Política de Privacidade.

Entenda tudo sobre o mundo das milhas
e descubra como lucrar mais

Blog

17 Jul 2013

Multiplus Fidelidade – Empresas de milhas faturam mais que cias aéreas

Multiplus Fidelidade

Nascidas dentro das companhias aéreas, empresas como Multiplus e Smiles sãohoje um negócio melhor do que o transporte aéreo: São mais rentA?veis e valem mais do que as aéreas que as originaram. O Multiplus Fidelidade, programa de pontos da TAM, vale hoje na bolsa de valores R$ 4,4 bilhões, enquanto a GOL, única empresa aérea com ações no país, é avaliada em R$ 3,2 bilhões.

No último dia de negócios antes da fusão com a chilena LAN, em julho do ano passado, a TAM valia R$ 6,8 bilhões, e a Multiplus, R$ 7,7 bilhões. O Smiles, programa de milhas da Gol, planeja abrir o capital na Bolsa nas próximas semanas e pretende captar até R$ 1 bilhA?o com a venda de 25% das ações. A empresa é avaliada em R$ 4 bilhões.

Não é difícil entender por que as empresas de fidelidade valem mais que as companhias aéreas. “As empresas de milhas sãoum negócio novo, dinA?mico, com muitos clientes e de alta geração de caixa”, diz o consultor Boanerges Ramos. “Já as empresas aéreas acumulam prejuízos bilionA?rios devido a custos elevados de combustível e leasing, cotados em dólar, e ainda sofrem com a falta de infraestrutura dos aeroportos.”

Há poucas semanas, o Multiplus surpreendeu o mercado com uma oferta de ações de R$ 800 milhões com o objetivo de comprar passagens com milhas da TAM. Como a TAM tem 73% do Multiplus, os analistas viram na oferta uma forma de aliviar o caixa da TAM e ainda esvaziar o apetite dos investidores pelo Programa Smiles.

Veja também: Fidelidade TAM – Embarque de mulheres grávidas na TAM

Sabia que aqui suas milhas aéreas valem dinheiro vivo? Pois é, o HotMilhas É uma empresa séria e que compra milhas com toda segurança além de oferecer clareza em suas negociações.

Para vender milhas aéreas com segurança, clique no link: Vender milhas.

Fonte: Folha de São Paulo.

Posts relacionados

Comentários