Entenda tudo sobre o mundo das Milhas e Viagens.

Na Hot Milhas a segurança está em primeiro lugar, mais de 1.000.000 pessoas aprovam no Facebook.

Blog

05 dez 2017

Saiba como evitar o pagamento de juros nas contas do dia a dia

Qualquer pessoa pode lidar melhor com o seu dinheiro se tiver atenção a isso. É preciso evitar pagar juros de contas atrasadas e saber escolher o momento certo para comprar determinados produtos.

Ter uma boa relação com seus gastos é o primeiro passo para uma vida financeira estável. Ainda que você não ganhe um alto salário, é possível ter maior qualidade de vida se tiver critérios para evitar que suas contas saiam do controle. Nesse sentido, vale a pena conferir algumas dicas simples, mas muito úteis para não deixar que os juros tornem as coisas mais difíceis.

Ficou curioso? Então leia o texto e procure se concentrar nas nossas sugestões.

Escolha a forma de pagamento mais adequada

Em geral, as empresas costumam oferecer descontos para quem paga à vista. Essa pode ser uma boa alternativa, caso você tenha como juntar dinheiro para pagar tudo de uma vez. Até porque, assim não existe risco em relação a juros.

Entretanto, nem sempre essa solução é possível, o que faz do pagamento no crédito uma excelente alternativa. Ele permite que você compre mais e parcele os pagamentos ao longo dos meses. Nesse caso, tenha cuidado: evite os juros altos e tenha critérios para usar o cartão.

O ideal é que você não tenha dificuldades para quitar essa dívida, por isso use o tempo, ou seja, a possibilidade de parcelar em mais vezes, para evitar que o valor de cada fatura seja maior do que seus vencimentos. Mas lembre-se: quanto maior a quantidade de parcelas, maior será o preço final da sua compra, por isso avalie com bom senso essa possibilidade e só opte por ela se realmente for vantajoso.

A forma de pagamento deve ser um elemento facilitador na sua vida, não um complicador.

Escolha prazos de pagamento de acordo com sua rotina de recebimento

Não é somente quando você não tem dinheiro que os problemas com juros podem aparecer. Em muitos casos, eles surgem em situações em que você se atrapalha com as datas. É muito comum ver as pessoas tendo que pagar uma conta no dia 5, outra no dia 10 e outra no dia 20, por exemplo. A situação piora quando o dia do recebimento não coincide com nenhuma dessas datas.

Nesse caso, o ideal é tentar concentrar os pagamentos em um único dia e de preferência depois que o seu salário é depositado. Isso evita que você tenha que arcar com um compromisso sem que tenha saldo suficiente no banco para tanto.

Automatize o pagamento do cartão de crédito

Ainda seguindo o exemplo citado no tópico anterior, é preciso ressaltar a importância de diminuir a quantidade de datas para pagar contas. Por isso, uma solução válida é optar pelo débito automático.

Muitas empresas hoje já oferecem essa opção. Isso facilita muito a sua vida, pois permite que você não tenha que se preocupar com contas como de luz, água, internet, TV a cabo, entre outras. Mas neste caso, é preciso ter atenção redobrada ao saldo que precisa estar disponível na data em que o pagamento será realizado.

A dica aqui é definir essa data no dia em que você tem certeza que já recebeu e ter cuidado para não gastar demais e ficar sem dinheiro na conta. Se você não tiver saldo disponível no dia certo, o banco quitará a dívida, mas cobrará de você esse custo com juros. E o que é pior, com juros compostos.

Reavalie seus gastos em função do quanto ganha

Realize uma análise financeira. É importante que toda movimentação seja feita em função de suas receitas e despesas para que não ocorram sustos. Quando você gasta consideravelmente menos do que ganha, consegue evitar dívidas, se livra dos juros e ainda tem como fazer sobrar dinheiro para investir.

O segredo é adotar critérios. Use programas que o ajudam nessa tarefa. Alguns aplicativos como o Minhas Economias e o Guia Bolso e até Apps de bancos são excelentes para tornar mais visual a sua relação com o seu dinheiro. Não deixe de usá-los e passe a ter maior facilidade para administrar seu caixa pessoal.

Faça cortes com critério

Esses aplicativos citados fazem o trabalho que as antigas planilhas financeiras realizavam com tanta competência. Com a diferença que não exigem muito esforço da parte do usuário.

Com esse tipo de ferramenta, ainda que você tenha que cortar gastos, terá também como se concentrar naqueles que menos podem comprometer na sua qualidade de vida. Organizando suas despesas por categorias, você tem como enxergar de que forma o seu dinheiro sai e criar ações mais racionais para sua realidade financeira.

Assim, sabendo que os gastos com entretenimento comprometem 30% do seu salário, por exemplo, diante de uma dificuldade financeira, você tem como cortar gastos sem precisar recorrer a empréstimos ou vender bens pessoais.

Saiba usar o cartão de crédito

Também é importante evitar as armadilhas do cartão de crédito. Uma delas é o pagamento parcelado da fatura. Neste caso, os juros podem chegar a 450% ao ano! O ideal é que o cartão de crédito seja o seu aliado, portanto, estabeleça como regra pagar 100% da fatura para evitar juros.

Além disso, considere participar de programas de fidelidade, em especial, os programas de milhagem, pois mais do que oferecer benefícios como produtos e serviços, eles permitem também que você venda suas milhas e, assim, receba um dinheiro capaz de fazer com que os seus gastos do dia a dia sejam significativamente reduzidos. Essa é uma forma estratégica de usar a opção crédito para melhorar a sua vida financeira.

Faça um empréstimo pessoal

Uma vez que você já se encontra em uma situação difícil, a dica aqui é procurar um empréstimo pessoal e evitar os juros do parcelamento da dívida com o banco. De acordo com a nova regra do rotativo do cartão de crédito, o efeito bola de neve dos juros, tão temido por consumidores no dia a dia, tende a ser acentuado quando você passa a dever para uma instituição bancária.

Nesse caso, assim que se encontrar em uma situação difícil, o ideal é que você procure alternativas para quitar essa dívida o quanto antes para não deixar que ela cresça e se torne um empecilho para a sua estabilidade financeira.

Considerando as dicas apresentadas você tem como começar a se reorganizar melhor financeiramente e evitar problemas como atrasos nos pagamentos de contas e juros.

Mais do que saber evitar pagar juros, é importante ter uma estratégia financeira para viver bem. Podemos ajudar com isso. É só seguir a gente no Twitter, no Facebook e no Instagram.

Posts relacionados

Comentários

*