Blog

Cotação em 1 minutoem seu e-mail

Sua cotação em 1 minuto

Quero vender minhas milhas:

Veja nossa Política de Privacidade.

Entenda tudo sobre o mundo das milhas
e descubra como lucrar mais

Blog

13 Feb 2017

Compensa vender minhas milhas?

Compensa vender minhas milhas? Essa é uma pergunta que frequentemente passa pela cabeça de quem gosta de acumular esse benefício oferecido pelas companhias aéreas. Muita gente ainda não sabe, mas esse pode ser um negócio muito lucrativo, independentemente se você é um viajante frequente ou não.

As milhas não servem apenas para se transformarem em passagens aéreas “gratuitas”. Elas podem se transformar em diversos outros produtos, ou até mesmo em dinheiro e outros investimentos.

A falta de conhecimento no assunto faz com que muita gente acabe perdendo suas milhas e, consequentemente, perdendo um bom dinheiro. Sabia que no Brasil, anualmente,mais de 50 bilhões de milhas sãoperdidaspor passarem da data de validade? Isso representa mais de 1 milhão de reais que poderia ter ido para o bolso dos usuários.

É um número expressivo, não é? Então, o que fazer para transformar em dinheiro aquelas milhas que não seriam usadas ou que estão expirando? Será que vale a penavender milhasao invàs de resgatar passagens aéreas? Nesse post nós vamos responder a essas e muitas outras perguntas importantes para você que se interessa por vender suas milhas!

Como acumular milhas?

Cada companhia aérea tem suas regras para o acúmulo e a troca de milhas. O primeiro passo é se cadastrar nos programas de fidelidade das empresas. Cada companhia brasileira possui seu próprio programa e algumas fazem parte de grupos com companhias estrangeiras.

Uma das principais maneiras de acumular milhas aéreas é por meio dos programas de pontos dos cartões de crédito. Cada bandeira de cartão ou banco possui suas próprias regras e parcerias com determinados programas, mas essa é uma das maneiras mais rápidas de juntar um bom número de milhas, principalmente para quem tem muitas despesas mensalmente.

Também é muito fácil acumular por meio da compra de passagens aéreas na própria companhia ou com suas parceiras e da compra de produtos de empresas parceiras.

Por exemplo, a LATAM faz parte do programa de fidelidade Multiplus e da Oneworld. Comprando passagens em qualquer uma das companhias da Oneworld ou das diversas empresas que fazem parte do Multiplus, você acumula milhas.

Você pode fazer parte de quantos programas de fidelidade quiser. O ideal é tentar acumular todos os pontos em apenas um programa, mas é bom fazer parte de vários para aproveitar todas as promoções e benefícios possíveis. Tente comprar passagens sempre com a mesma companhia, mas, se outra tiver preços melhores você ainda pode aproveitar e juntar milhas.

Quais os benefícios dessa atividade?

As milhas são uma espécie de prêmio que as empresas aéreas oferecem a seus clientes. Quanto mais você compra naquela empresa ou em seus parceiros, mais pontos você junta e depois pode trocar por diversos produtos, principalmente passagens aéreas. Ou seja, acumular milhas é uma atividade gratuita, já que você não paga nada a mais por elas.

Já que de qualquer maneira você vai comprar as passagens aéreas, nada melhor do que ganhar algo a mais com isso, certo? Esses pontos podem se transformar em passagens gratuitas, pacotes de viagens, eletrodomésticos, eletrônicos, entre diversos outros produtos, dependendo do programa de fidelidade do qual você participa.

Pessoas que possuem um número muito alto de pontos conseguem trocá-los até mesmo por passagens internacionais, celulares ou notebooks.

Outro grande benefício é a possibilidade de ganhar dinheiro com essas milhas que você acumulou sem gastar nada. Ou seja, você viaja, acumula milhas e pode transformá-las em dinheiro, para investir, comprar outras A�passagens ou gastar como preferir.

Como posso negociar (comprar e vender) milhas?

A compra e venda de milhas é feita por meio de empresas que intermediam essas operações, sejam com pessoas que querem lucrar com milhas que talvez não serão utilizadas ou com aquelas que querem gastar menos com a compra de passagens aéreas.

Existem várias empresas que fazem esse trabalho, mas é importante buscar uma empresa séria e de confiança, para não ter problemas futuros. Também é interessantes fazer uma breve pesquisa de preços, pois o valor pago por suas milhas pode variar bastante.

O passo a passo para negociar as milhas é basicamente o mesmo em todas as empresas, mas é preciso ter atenção, pois pequenos detalhes podem fazer toda a diferença.

Orçamento

O primeiro passo é o orçamento, seja para comprar ou vender milhas. No caso das vendas, algumas empresas permitem que você dá o preço que quer ganhar por elas – mas, é claro, há um valor limite que pode ser aceito. Outras empresas já informam diretamente o valor que pagam de acordo com a quantidade que você tem para vender.

Para fazer o orçamento é só entrar no site da empresa, informar seus dados e a quantidade de milhas que você quer vender. Em poucos minutos você receberá um e-mail com o orçamento, que geralmente tem validade de um dia.

Cadastro e verificação

Após o orçamento, caso você decida realmente vender suas milhas é preciso fazer um cadastro com todos os seus dados pessoais, incluindo telefones.

A empresa entra em contato por telefone, para garantir sua segurança e garantir que é realmente você quem está vendendo suas milhas. Portanto, é importante que os números de telefone sejam os mesmos que estão cadastrados no programa de fidelidade específico.

Depois dessa verificação, você precisa finalizar seu cadastro e realizar a operação de venda no próprio site. Então, você precisa enviar seus dados de acesso ao programa de fidelidade, para que a empresa possa finalizar a operação.

Pagamento

O pagamento é a fase que mais varia entre empresas. Algumas somente realizam o depA?sito quase um mês após as passagens aéreas serem emitidas para outras pessoas com suas milhas.

Outras fazem o pagamento antecipado. Ou seja, assim que você decidir vender suas milhas, o dinheiro entrarA? em sua conta e só depois as milhas serão usadas para emitir uma passagem aérea.

Comprar milhas

Se você vendeu suas milhas e agora precisa comprar outras para realizar sua viagem, também é muito fácil e econômico. No próprio site da empresa você faz uma pesquisa de acordo com o aeroporto de saída, o destino e as datas desejadas.

Você receberá algumas opções de valores e horários e, assim que escolher a melhor para você, a empresa faz a emissão das passagens com as milhas de alguém que também decidiu vendê-las.

Qual o número mínimo de milhas que posso vender?

A resposta para essa pergunta varia tanto entre as empresas que compram milhas, quanto entre as companhias aéreas dentro de cada empresa. Dificilmente você encontrarA? uma empresa que compre menos de 10 mil milhas, independente do programa de fidelidade.

Algumas empresas comprar apenas pacotes com números de milhas múltiplos de 5 ou de 10 – 10 mil, 15 mil, 20 mil… – e outras possuem quantidades mais flexíveis.

Como saber se a empresa é confiA?vel?

Já que você terá que informar seus dados pessoais e talvez até sua senha de acesso ao painel do programa de fidelidade, é imprescindA�vel escolher uma empresa séria e confiA?vel. Mas, como saber qual é a empresa mais indicada?

Antes de tudo, veja a quanto tempo a empresa está no mercado e dá preferência a aquelas que já possuem alguns anos de estrada. Depois, veja em suas redes sociais e em sites específicos o que os clientes falam sobre a empresa e prefira aquelas com poucas reclamações e com um atendimento eficiente e atencioso.

além disso, veja se a empresa fornece telefone e endereço para que você possa ter um contato mais próximo, caso ache necessário. Se quiser, você pode ligar para o escritA?rio da empresa para A�tirar suas dA?vidas até sentir mais confiança.

Também é interessante dar preferência para as empresas que fazem o pagamento antecipado, ou seja, somente após receber o dinheiro você terá que enviar sua senha de acesso ao programa de fidelidade. Essa é uma garantia a mais de que a empresa é confiA?vel e que você não terá prejuízos nem perderA? suas milhas.

Comprar milhas também é vantajoso?

Em alguns casos, a compra de milhas também pode ser muito vantajosa. As empresas aéreas vendem pacotes de milhas para quem precisa inteirar seus pontos, mas, seus preços costumam ser bem elevados.

Nesses casos, o ideal é procurar empresas que realizem essa operação. Algumas empresas compram milhas de um cliente e vendem para outro logo em seguida, fazendo com que o processo seja mais vantajoso e mais barato.

Talvez não valha a pena comprar um número alto de milhas, mas para quem já tem um bom número e precisa de um pouco mais para resgatar uma passagem aérea pode ser uma excelente opção.

Compensa vender minhas milhas?

Vender milhas é uma atividade muito vantajosa e pode ser muito lucrativa, mesmo para quem compra passagens aéreas com frequência.

Para quem quer lucrar comprando passagens aéreas

Geralmente as companhias aéreas pedem um número muito alto de milhas para fazer o resgate de uma passagem. Vendendo esse mesmo número de milhas, com o dinheiro recebido você consegue, na maioria das vezes, fazer a compra da passagem e ainda sobra algum valor de lucro.

Veja a passagem que você quer comprar e saiba quanto ela custa em dinheiro e qual seu valor em milhas. Pense em uma situação hipotA�tica: Você quer comprar uma passagem que custa R$ 1.500 reais ou 85 mil milhas. Você pode vender essas mesmas 85 mil milhas por R$ 2.300 reais, um valor suficiente para comprar a passagem com dinheiro e ainda te sobram R$ 800 reais para custear outras despesas da viagem. Uma grande vantagem, não é mesmo?

E, além disso, fazendo a compra da passagem com o dinheiro das milhas vendidas, você consegue juntar ainda mais milhas, o que não aconteceria se você fizesse o resgate diretamente com a companhia aérea. Ou seja, você compra a passagem desejada, junta mais milhas e ainda sai no lucro.

Para quem tem milhas próximas é expiração

Todas as milhas acumuladas, em qualquer programa de fidelidade, possuem prazo de validade. Esse prazo varia de acordo com os programas e de como elas foram adquiridas – há diferença de prazos para milhas acumuladas com a compra de passagens aéreas e com a compra de produtos de parceiros, por exemplo.

Quando suas milhas chegam perto do período de expiração, alguns programas de fidelidade oferecem a possibilidade de pagar para aumentar o prazo. Caso não queira pagar, você simplesmente perde o direito a aquelas milhas.

Vender milhas pode ser um grande benefício para quem não compra passagens com frequência ou, talvez, tem algumas milhas próximas do período de expiração e que não serão usadas. Nesses casos, vale muito mais a pena vendê-las do que pagar para aumentar o prazo de validade ou deixA?-las expirarem e perder seus pontos.

Para quem quer fazer investimentos

Talvez você queira usar suas milhas para resgatar passagens aéreas, mas isso ainda vai demorar algum tempo. Nesse caso, pense no que é melhor: deixar as milhas guardadas no programa de fidelidade ou vendê-las e deixar o dinheiro rendendo em alguma aplicação?

Caso você decida vendê-las, você pode aplicar o dinheiro na poupança ou em algum outro investimento e resgatA?-lo quando for, de fato, comprar as passagens. Dessa forma, seu dinheiro vai crescer e você pode fazer a compra e ter um lucro ainda maior, ao invàs de deixar as milhas paradas e talvez nem conseguir usá-loas por não ter o valor necessário.

Para quem não viaja com frequência

Muita gente que raramente viaja de avião acredita que não compensa acumular milhas, mas esse é um enorme erro. Milhas podem ser muito lucrativas para qualquer pessoa, mesmo para aquelas que não tem nenhuma intenção de resgatar passagens aéreas.

Seus gastos no cartão de crédito e compras em diversas empresas de vários segmentos podem se transformar em milhas que, se vendidas, se transformam em dinheiro. Ou seja, você pode recuperar parte dos seus gastos do dia a dia sem fazer esforço nenhum.

Então, se você ainda não participa de nenhum programa de fidelidade de companhias aéreas por não viajar com frequência, tire essa ideia da cabeça e inscreva-se já no que considerar mais vantajoso para você!

Para quem encontrou promoções em outra companhia aérea

Talvez você participe do programa de fidelidade de uma empresa específica, possui um bom número de milhas e está procurando uma passagem aérea, mas uma companhia concorrente está com uma excelente promoção para o destinos e as datas que você procura.

O que fazer nessa situação, sendo que sua intenção era fazer o resgate com as milhas? DeixA?-las paradas e aproveitar a promoção da concorrente pagando com dinheiro? Resgatar a passagem com milhas mesmo estando um preço elevado?

Na verdade, a melhor opção é vender as milhas que você utilizaria para o resgate das passagens e usar esse dinheiro para fazer a compra na outra companhia. Como já dissemos, talvez ainda àsobre algum dinheiro após a compra da passagem.

Qual a melhor época para vender minhas mil
has?

Cada época possui suas vantagens e desvantagens para quem quer vender milhas. Na alta temporada – meses de férias e semanas de feriados – geralmente é bem difícil encontrar passagens aéreas com bons preços, mesmo para quem quer resgatar com milhas.

Por isso, muitas vezes, vale mais a pena vendê-las e comprar a passagem com dinheiro, já que assim você terá mais opções de datas e horários disponíveis, além de poder escolher entre mais companhias aéreas.

Sem falar que, comprando as passagens em alta temporada, você ganharA? um número maior de milhas já que o acúmulo depende do valor que você paga na passagem. Se resgatar com milhas nessa época, além de gastar mais pontos que o normal, você não ganharA? mais milhas após a viagem!

Já na baixa temporada, as passagens costumam ficar mais baratas para quem paga com dinheiro, mas o valor para resgatar em milhas não costuma baixar tanto. Sendo assim, é muito mais vantajoso vender as milhas e comprar com dinheiro as passagens promocionais, obtendo um lucro muito maior.

No geral, as empresas que compram milhas aéreas não alteram os valores pagos de acordo com a temporada. Ou seja, independente da época do ano, você provavelmente receberá o mesmo valor por determinada quantidade de milhas. O que faz mais diferença na hora dessa decisão é o valor dos produtos ou serviços que você poderá comprar com o dinheiro recebido.

O que é importante considerar na hora de vender minhas milhas?

Já deu para perceber que vender milhas compensa muito, não é? é prático, é seguro e é muito lucrativo! Mas, alguns itens precisam ser considerados para que você realmente faça um bom negócio.

A escolha da empresa é o item mais importante, já que ela precisa ser muito confiA?vel e pagar um bom preço por suas milhas. Por isso, A�É importante colocar tudo na balança, já que não dá para escolher uma empresa apenas por ser a que paga mais, se ela não parecer tão sA�ria e confiA?vel quanto necessário.

Mas é sim importante considerar o valor pago pela empresa, juntamente com seu objetivo. Por exemplo, se o objetivo é vender para lucrar na compra de passagens, é importante fazer as contas e ver se realmente vale a pena. Se o objetivo for investir o dinheiro ou vender milhas que vôo expirar, então o mais importante é a cotação e o prazo de pagamento que a empresa oferece.

É importante lembrar que não há uma fA?rmula para a venda de milhas. Cada caso é um caso, e vários fatores sãovariáveis. Então, pesquisar é fundamental!

Como acumular milhas rapidamente para lucrar mais?

Agora que você já se convenceu que vender milhas vale muito a pena e pode te dar um bom lucro, talvez esteja pensando emcomo conseguir mais milhasem um menor período de tempo. Quanto mais milhas você tiver, maior será o valor pago por elas.

Cartão de crédito

Ocartão de créditoÉ um dos melhores aliados de quem quer acumular muitas milhas. Quanto mais você compra, mais pontos você ganha. O ideal é usá-loo para pagar todas as suas contas, sejam despesas básicas da casa, compras, despesas em viagens etc.

Por menor que seja o valor a ser pago, dá preferência para o pagamento com cartão de crédito – mas, claro, não gaste mais do que você pode gastar. Deixe de lado os pagamentos em débito automático, em dinheiro ou no cartão de débito.

Comprando as passagens aéreas no cartão de crédito, por exemplo, você acumula milhas duas vezes. Qualquer outro gasto básico do seu dia a dia pode se transformar em milhas se forem pagos no cartão de crédito.

Empresas parceiras

Alguns programas de fidelidade, como o Multiplus – da LATAM – por exemplo, possuem parceria com várias outras empresas de diversos segmentos, desde eletrodomésticos até cosméticos, passando por hotéis, lojas de roupas, pet shops, entre outros.

Qualquer compra realizada nessas empresas se transformam em milhas e, geralmente, os valores acumulados podem ser muito bons. E, se pagas com o cartão de crédito, os pontos serão ainda maiores, já que você ganharA? pelas compras e também pelo valor gasto no cartão.

Então, sempre que precisar comprar algo, pesquise se não há uma empresa parceira que venda esses produtos e que te permita acumular ainda mais milhas. Quando vendê-las, você vai recuperar parte do dinheiro gasto nas compras, fazendo com que os produtos custem menos do que o valor real.

Sim! Vender milhas compensa muito e possui muitas vantagens! Independente do programa de fidelidade que você participa ou do número de milhas que você possui, com certeza você vai lucrar muito vendendo seus pontos.

Você nunca mais verA? suas milhas como uma simples possibilidade de uso, agora que sabe das vantagens reais. Pagar por suas passagens e ainda lucrar com elas parece muito mais vantajoso, não é mesmo? Então aproveite as oportunidades, acumule muitos pontos, faça uma cotação e já pode começar a fazer os planos de como vai gastar – ou investir – o dinheiro recebido!

Se depois de ler esse texto você está pensando “quero aproveitar minhas milhas agora mesmo”, não deixe de nos seguirno Facebookpara ficar sempre por dentro das novidades e receber conteúdos como esse em primeira mão!

Posts relacionados

Comentários