Bem vindo!

Entenda tudo sobre o mundo das milhas
E descubra como lucrar mais.

Nenhum comentário

9 erros que você não deve cometer na hora de vender suas milhas

Homem usando laptop e fazendo compras on-line com a boca da tampada e com cartão de crédito na outra mão com expressão de chocado por não saber sobe os erros ao vender milhas.

Depois de ler estas dicas, você nunca mais terá prejuízos com a venda de milhas

Ganhar uma renda extra é sempre bom, principalmente em momentos de crise. Se bem utilizados, os programas de milhas facilitam esse processo e oferecem uma série de benefícios.

No entanto, apenas acumular essa bonificação não é garantia de lucratividade. Escolher como e onde comercializar milhas demanda conhecimento e muita atenção para que você não corra o risco de tomar prejuízo.

Confira quais são os erros ao vender milhas que não se deve cometer. Selecionamos os nove principais para te ajudar em todas as etapas, desde a cotação até o recebimento do dinheiro.

  1. Não conhecer os direitos e deveres na hora de escolher um programa de milhas

Cada programa de fidelidade, como LATAM Pass, TudoAzul e Smiles possuem as suas próprias regras de acúmulo de milhas. Não as conhecer é um dos erros ao vender milhas mais cometidos.

Leia com atenção todos os termos do contrato. Dê uma atenção especial à cláusula que fala sobre a venda. Lembre-se de que essa prática é prevista por lei e nada impede que você dê à sua bonificação o destino que bem entender.

  1. Perder o prazo de validade das milhas

Depois de juntar cada milha com todo cuidado, tudo o que não queremos é perder a oportunidade de vender porque elas expiraram. Esses erros ao vender milhas são típicos de quem é muito atarefado e não tem tempo de acompanhar o saldo.

Se esse for o seu caso, aconselhamos a acessar sua conta no programa de fidelidade com frequência. Se for necessário, crie uma notificação no seu celular para olhar uma vez por semana, ou a cada 15 dias, por exemplo.

  1. Não transferir os pontos do cartão de crédito

De acordo com uma pesquisa realizada pelo IDC,  45,3% dos brasileiros têm o hábito de usar cartões de crédito. No entanto, nem todo mundo transfere os pontos acumulados para os programas de milhas. Isso representa uma perda considerável de renda extra.

O ideal é que você faça a conversão de pontos em milhas antes que eles expirem. Isso pode ser feito pelo netbanking, aplicativo do banco ou pela central de atendimento do cartão. Informe a quantidade de pontos que serão transferidos e o programa de milhas.

  1. Não comprar dos parceiros do programa de fidelidade

Ao contrário do que muita gente ainda imagina, não se acumula milhas apenas viajando. Graças à modernização dos programas de fidelidade, é possível otimizar o saldo de bonificação comprando produtos e serviços de parceiros.

Por isso, evite cometer um dos erros ao vender milhas e aproveite todas as possibilidades de lucrar ainda mais com elas. O melhor de tudo é que você não precisa mudar seu perfil de compras, já que a lista de parceiros é bem ampla.

Homem usando laptop fazendo compras online com cartão de crédito estressado com a mão na cabeça, cara de surpreso de não saber se vai acumular milhas nas compras.

  1. Se cadastrar em muitos programas de fidelidade

Se você quer ganhar renda extra em tempo hábil, evite atirar para todos os lados. O melhor caminho é escolher o programa de milhas que mais se adequa ao seu perfil e focar nele. Lembre-se de que menos é mais.

É bem mais fácil conseguir lucro quando você guarda suas milhas em um único lugar. Milhas espalhadas não rendem dinheiro e você acaba correndo o risco de perdê-las porque a venda é mais difícil quando feita em pequenas quantidades.

  1. Achar que vale mais a pena trocar milhas por passagens aéreas

Não caia nesse conto de que só é possível usar as milhas acumuladas para trocar por bilhetes aéreos. O ideal é planejar a viagem e comprar a passagem com o cartão de crédito.

Além de ter o melhor custo-benefício, essa medida gera ainda mais milhas. O que você pode fazer é vender a bonificação acumulada para gastar o dinheiro com passeios durante a viagem.

  1. Não gerenciar o saldo de milhas

Ao comprar produtos ou serviços de parceiros do programa de fidelidade, é importante prestar atenção se a quantidade de milhas por cada real gasto está correto. E não é só isso!

Nem toda conversão é feita automaticamente e você precisa informar ao vendedor que deseja pontuar pela compra. Para isso, é importante informar o número do CPF e o código do programa de milhas para que a bonificação seja válida.

  1. Não saber pra quem vender as milhas

Tome muito cuidado na hora de escolher a empresa para a qual venderá suas milhas. É importante que você acompanhe o preço de cotação de mercado para não cair em golpes.

Verifique se o site é confiável, se as informações de contato são verídicas e se a empresa tem políticas claras de transparência, direitos e deveres de ambas as partes. Desconfie de preços muito atrativos. Valores abaixo do mercado também não são aconselháveis.

  1. Não fazer a cotação e a finalização do cadastro corretamente

Sempre que você acessar o site da Hot Milhas, verifique se as informações fornecidas estão corretas. No campo “cotação em 1 minuto”, preencha os espaços em branco com seu nome, e-mail, quantidade de milhas e programa de fidelidade do qual participa.

Certifique-se de que o e-mail informado é o que realmente você usará para prosseguir com os próximos passos. Leia atentamente nossa mensagem e confira o valor de cotação. Clique no link para finalização do cadastro.

Preencha todos os campos com os dados solicitados. Durante a análise, nossa equipe irá validar o seu programa de fidelidade. Para isso, será necessário informar o login e senha do seu programa de fidelidade. Não se preocupe!

Todas as informações ficarão seguras e protegidas, mesmo se você desistir da venda ou se ela não for validada. Após conferir se você digitou tudo corretamente, aguarde a validação da venda.

Por fim, escolha a forma de recebimento, que pode ser em  20, 30, 45 dias ou em 1 dia útil. Quanto maior for o prazo, mais valorizadas serão suas milhas.

Agora que você já conhece os erros ao vender milhas, tome cuidado para não cometê-los. Leve em consideração que o foco deve estar no custo-benefício. Continue contando com a Hot Milhas para obter renda extra de forma segura e tranquila.

Posts relacionados

O que são milhas aéreas e como você pode se beneficiar dos programas de fidelidade

Saiba tudo sobre milhas aéreas e como elas podem ser acumuladas e utilizadas em prol do seu bolso Muitas pessoas ainda não sabem o que…

Como não ter problema com o comércio das milhas aéreas

Descubra como não ter problemas com milhas e aproveitar ao máximo essa maneira de ganhar renda extra com segurança e comodidade A venda de milhas…

Bônus na transferência de pontos para os programas de fidelidade vale a pena?

Saiba o que é bônus de milhas e aprenda a calcular se essa é uma boa opção para multiplicar seu saldo e conseguir uma renda…

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fale conosco
COTAR AGORA