Bem vindo!

Entenda tudo sobre o mundo das milhas
E descubra como lucrar mais.

Nenhum comentário

Descubra o que é cashback e entenda se esse sistema de recompensa é vantajoso

Homem olhando desconfiado enquanto escuta sobre o que é CashBack.

Leia este artigo e descubra se esse sistema de recompensa é mais ou menos vantajoso em relação ao acúmulo de milhas

A popularização das vendas de produtos e serviços pela internet tem interferido diretamente no comportamento do consumidor e na concorrência entre as empresas. Não é a toa que essas estão em constante busca por estratégias de inovação.
Nesse cenário, para manter os clientes fidelizados, uma quantidade significativa de lojas e empresas de serviços acaba apostando em programas de recompensa. Um deles é o cashback.
Você sabe o que é um cartão cashback? Confira as informações a seguir para descobrir se esse sistema de bonificação é ou não vantajoso.

O que significa cashback?

Cashback é um termo de língua inglesa que significa, em tradução livre, “dinheiro de volta”. Trata-se de um sistema em que você recebe uma determinada quantia referente ao valor gasto em uma compra.
Em outras palavras, o cashback é uma espécie de bônus que você recebe toda vez que usa o cartão de crédito que faz parte desse programa. Ele funciona de forma semelhante aos programas de pontuação oferecidos por lojas, por exemplo.
A diferença é que, nesse caso, ao invés de receber pontos, você recebe dinheiro. O cashback pode ser oferecido tanto por empresas quanto pelas instituições que administram cartões de crédito.

Como o cashback funciona?

Apesar de chegar ao Brasil somente em 2011, o cartão cashback surgiu na década de 80, nos Estados Unidos. Geralmente, esse programa de bonificação devolve em sua fatura uma porcentagem do valor que você gastou durante o mês.
Para que esse reembolso seja efetuado, você tem que fazer um cadastro nos sites de empresas que oferecem o serviço de cashback, como a Méliuz, Mooba, Ame, Beblue, Ganhe de Volta, Cashola, In Mais e Poup.
Como a porcentagem é calculada? Isso depende da empresa que oferece esse sistema, do tipo de compra que você realizar e da rede de parcerias do cartão cashback. O valor é calculado por produto comprado e, na maioria dos casos, varia entre 0,5% e 1%.
Vamos supor que você comprou um celular em uma loja parceira. O valor da compra foi de 700 reais. Com esse produto, você receberá entre R$3,50 e R$7,00.  A pergunta que surge nesse momento é: vale a pena? Continue lendo para descobrir.
Casal feliz usando notebook e tomando um café.

Cashback ou milhas, qual é o melhor?

Para comparar esses dois programas de bonificação, você precisa levar em consideração o tipo de cartão de crédito que você tem, além, claro, da sua renda e dos seus gastos mensais.
Outro ponto importante é analisar se o seu perfil de compra é compatível com as empresas que possuem parceria com os programas de fidelidade das companhias aéreas ou com o sistema de cartões cashback.
Vamos começar pelo cashback. De acordo com o exemplo que demos no tópico anterior, você acredita que esse valor é relevante e que realmente está lucrando com isso? Outro ponto a ser mencionado é que essa bonificação é feita de acordo com a compra em lojas parceiras.
Isso quer dizer que, caso você faça uma compra em um estabelecimento que não faz parte dessa rede, você não ganhará nada, certo? Agora, vamos para os programas de milhas.
Em parceria com os programas de fidelidade das principais companhias aéreas do país, os cartões de crédito nos dão a possibilidade de acumular milhas, independente do produto e do local onde a compra é realizada.
Além disso, eles trabalham com um valor de bonificação bem mais atrativo. A cada dólar gasto, você ganha 1 ponto que pode ser transformado em milha. Esse valor pode ser ainda maior devido a promoções.
Em determinadas épocas do ano, os programas de fidelidade oferecem bônus atrativos caso você transfira os pontos do seu cartão de crédito. Em alguns casos, 1 dólar pode equivaler a 2 milhas.
O mesmo não acontece com o cartão cashback, já que ele segue uma lógica totalmente oposta. Além disso, ele não te dá a opção de receber outro tipo de bônus. Você recebe o dinheiro, que não ultrapassa dois dígitos, e pronto!
No caso das milhas, você tem uma liberdade maior para lidar com seu saldo. O melhor de tudo é que você pode vendê-las e ganhar um valor bem mais atrativo que, dependendo da quantidade, pode ser de 3 e até 4 dígitos.
Com essas informações, você já pode perceber que juntar milhas oferece mais vantagens, certo? O bom é que o sucesso desse sistema de bonificação faz com que se aprimore cada vez mais.
Portanto, faça seu cadastro no Smiles, TudoAzul ou LATAM Pass. Escolha o programa de fidelidade que mais se adequa ao seu perfil e não deixe de conhecer as centenas de possibilidades de acúmulo de milhas que eles oferecem.
Na hora de vender suas milhas, não deixe de comercializar com a Hot Milhas. Nós contamos com uma trajetória pautada em cotação segura, comunicação assertiva e transparência em todas as etapas de negociação.
 

Posts relacionados

Descubra como saber quando você tem direito a milhas

Saiba se você tem direito a receber milhas, como fazer para juntá-las e no que esse acúmulo te beneficia Todo mundo tem acesso aos programas…

O que são milhas aéreas e como você pode se beneficiar dos programas de fidelidade

Saiba tudo sobre milhas aéreas e como elas podem ser acumuladas e utilizadas em prol do seu bolso Muitas pessoas ainda não sabem o que…

Como não ter problema com o comércio das milhas aéreas

Descubra como não ter problemas com milhas e aproveitar ao máximo essa maneira de ganhar renda extra com segurança e comodidade A venda de milhas…

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fale conosco
COTAR AGORA