Blog

Cotação em 1 minutoem seu e-mail

Sua cotação em 1 minuto

Quero vender minhas milhas:

Veja nossa Política de Privacidade.

Entenda tudo sobre o mundo das milhas
e descubra como lucrar mais

Blog

10 May 2016

Tudo que você precisa saber para vender milhas!

Conhecer novas culturas, visitar lugares incríveis, superar as próprias barreiras geogrA?ficas- é preciso viajar! E quando se pode voar gastando pouco, ou mesmo sem ter que tirar um único real ou dólar do bolso para comprar as passagens, esse parece ser o mundo ideal. é por isso que os programas de milhagens são tão populares, mas você sabe exatamente como eles funcionam?

Para compreender esse mecanismo de fidelização tão eficiente, basta imaginar o associado como o cliente de um banco: quem adere a um programa de relacionamento passa a ter acesso a uma espécie de “conta-corrente” em que sãodepositados os pontos (ou créditos) decorrentes de cada viagem realizada. Quanto mais você voa, mais acumula pontos, que depois sãoconvertidos em quilometragem – ou milhas aéreas, para ser mais exato.

Assim que o “correntista” (isso mesmo, você!) alcança um determinado número de milhas, torna-se possível, então, trocá-las por passagens aéreas para novos trechos nacionais ou internacionais. Alguns programas de milhagens estão presentes em mais de 200 países, o que ajuda a explicar a enorme adesão a iniciativas como essa, na qual todos saem ganhando: as companhias aéreas, que garantem clientes cada vez mais fiéis; e o usuário final, que consegue traduzir o programa em benefícios financeiros concretos.

E não é só isso. Algumas companhias também oferecem a conversão de pontos / milhas por inúmeros produtos e serviços, o que faz das milhagens uma moeda de troca versútil e confiA?vel. MilhA�es de pessoas conseguem utilizar suas milhas para adquirir itens como roupas, artigos esportivos, eletroeletrônicos, ingressos para shows, diárias em hotéis e vantagens extras para o embarque em voos, como assentos mais confortáveis, por exemplo.

Se você viaja, mesmo que ocasionalmente, e ainda não se associou a um programa de milhagens, saiba que pode estar perdendo boas oportunidades. Para se inscrever, basta informar-se na companhia aérea de sua preferência e fazer um cadastro simples. Depois disso você terá um login e uma senha para acessar sua “conta-corrente” sempre que quiser. AA�, está tudo pronto: toda vez que você voar, os quilámetros percorridos trabalharA?o a seu favor, de forma que mais dia, menos dia, uma nova viagem poderá sair de graça ou, pelo menos, por um preço bem mais em conta!

Programas com cartões de crédito

Tudo bem, talvez você não viaje com tanta frequência e, por isso, pode estar pensando: “não vale a pena me inscrever, vai demorar muito até que eu finalmente acumule os pontos necessários para trocar por uma passagem aérea”, etc. Na verdade, não é exatamente assim, há uma alternativa simples. Lembre-se de que, antes de mais nada, você é um consumidor!

Atualmente existem inúmeras operadoras de cartão de crédito que possuem parcerias com as companhias aéreas. Desse modo, cada real gasto por você no dia a dia em lojas, supermercados, hotéis ou restaurantes, ao pagar por produtos e serviços, pode ser transformado em pontos no programa de milhagens de sua preferência.

Em geral, o valor da sua fatura mensal é convertido em dólares, sendo que para cada dólar gasto o usuário acumula um ponto no programa. Entretanto, vale lembrar que a taxa de conversão depende da categoria do seu cartão, e alguns deles podem ser bem mais vantajosos: os chamados cartões de crédito “co-branded” – ou seja, aqueles que já trazem impressa a marca de um programa de fidelidade específico – costumam resultar em 1,3 ou até mesmo em duas milhas por dólar.

Quanto mais você utilizar o cartão de crédito, mais pontos poderá converter toda vez que pagar sua fatura. Visa e Mastercard, só pra citar duas das operadoras mais conhecidas, trabalham em conjunto com programas como Smiles, TAM Fidelidade e Tudo Azul, dentre muitos outros. Uma boa dica é pesquisar junto às companhias aéreas a fim de saber quais são os benefícios e vantagens oferecidos pelas diferentes bandeiras de cartão de crédito. Se precisar, peça ajuda ao gerente do seu banco. Ele também poderá orientA?-lo a respeito.

Conheça alguns dos programas de milhagens nacionais mais populares

Gol – Smiles

Objetivo: acumular milhas Smiles

Como funciona: além de acumular pontos em cada voo, os associados recebem milhas por compras online feitas em empresas parceiras. No caso das viagens, o total creditado depende da distância percorrida e da tarifa que o cliente escolheu. Com 10 mil milhas já é possível realizar a conversão por um trecho para destinos no Brasil e na América do Sul, voando na classe econômica.

Se você tiver 15 mil milhas, já pode conhecer destinos na América Central, e 35 mil milhasdireito a um trecho para a Europa. Vale a pena ficar de olho nas redes sociais para ficar sabendo das promoções, pois a Gol costuma oferecer bilhetes com poucas milhas para destinos específicos.

TAM – Tam Fidelidade

Objetivo: acumular pontos Multiplus

Como funciona: os pontos ganhos dependem da tarifa escolhida, do destino e do tipo de cartão fidelidade. Num voo em classe econômica, por exemplo, dentro do Brasil ou na América do Sul, o usuário recebe mil pontos Multiplus. Já uma viagem para a Europa pode render até seis mil pontos, que depois podem ser convertidos em passagens-prêmio, assentos melhores ou roteiros da TAM Viagem, dentre outras possibilidades. Também é permitido usar os pontos para adquirir uma série de produtos no Shopping Virtual Multiplus, que opera por meio do Ponto Frio.

Outro aspecto positivo do programa Tam Fidelidade é que o associado pode utilizar seus pontos para obter trechos em 27 companhias aéreas parceiras da rede Star Alliance: AEGEAN, ANA, Adria, Air Canada, Air China, Air New Zealand, Asiana, Austrian Airlines, Avianca, Blue1, bmi, Brussels Airlines, Continental, Copa Airlines, Croatia Airlines, Egyptair, LOT Polish Airlines, Lufthansa, Scandinavian Airlines, Singapore Airlines, South African Airways, Spanair, Swiss, TACA, TAM, TAP, Thai Airways, Turkish Airlines, US Airways e United.

Azul – Tudo Azul

Objetivo: acumular créditos

Como funciona: a cada voo, 5% do valor da tarifa sãoconvertidos em créditos que, por sua vez, sãousados como desconto na compra da próxima passagem. No entanto, é preciso acumular ao menos 50 reais para começar a usufruir do benefício.

Avianca – Amigo

Objetivo: acumular pontos.

Como funciona: é preciso ficar atento, pois nem todas as tarifas geram pontos. Feita a ressalva, o programa prevê até mil pontos por um trecho doméstico. A cada dez mil acumulados torna-se possível fazer a conversão para uma passagem aérea gratuita, escolhendo destinos nacionais.

Mercado de milhas aéreas

Uma das maiores vantagens de associar-se a um programa de milhagens é que você não precisa, necessariamente, trocar todos os pontos por passagens aéreas. Se você tem dezenas de milhares de pontos (ou mesmo que não ainda não tenha acumulado uma quantia tão expressiva) e não tem planos de viajar nos próximos meses, saiba que é possível aproveitA?-los de outro modo. Hoje há um mercado estabelecido e cada vez mais ativo de compra e venda de milhagens, permitindo que os consumidores transformem créditos em dinheiro. Estima-se que o setor já movimente mais de dois bilhões de dólares por ano, mundialmente, o que é prova inequA�voca da forA�a desta ferramenta.

Para entender melhor como ela funciona, imagine que você é associado a um programa de fidelidade e possui, atualmente, 20 mil milhas prestes a ultrapassar o prazo de validade, ou seja: se elas não forem utilizadas, serão perdidas. Até pouco tempo, era exatamente isso que acontecia; quem não podia viajar se via “obrigado” a emitir passagens aéreas e realizar uma viagem que, em princA�pio, não estava planejada; e muitas outras pessoas simplesmente viam suas milhas irem pelo ralo, sem nada poderem fazer a respeito. No Brasil, bilhões de pontos em programas de milhagens deixam de ser resgatados todos os anos, seja por desconhecimento ou desinformação sobre as alternativas para evitar a perda.

Como comprar milhas

Existem inúmeras empresas que trabalham especificamente com a compra e venda de milhas, o que representa excelentes oportunidades de negócio. Para quem deseja adquirir milhagens, a vantagem é que as passagens aéreas podem sair por valores bem mais atrativos. é preciso acrescentar que a compra de milhas, propriamente dita, não é permitida, pois os créditos em programas de milhagens sãopessoais e intransferA�veis. Por outro lado, qualquer pessoa pode emitir passagens em nome de terceiros, e isso significa que se alguém quiser dispor das próprias milhas acumuladas, você pode tranquilamente pagar por elas. E de maneira recíproca, se você tem pontos disponíveis e encontrou um cliente em potencial, eis uma venda prestes a acontecer.

A praticidade de comprar milhas é algo facilmente comprovA?vel: geralmente, em menos de 72 horas o cliente já tem as milhas creditadas no programa de fidelidade de sua preferência. Tamanha agilidade permite que até mesmo em viagens planejadas no curto prazo seja possível utilizar o benefício. além disso, esta é uma alternativa economicamente favorável: quem tem oito mil milhas e precisa de mais duas mil para completar um trecho, por exemplo, pode gastar menos se adquirir as duas mil milhas restantes. O montante final será menor do que se o consumidor optasse por comprar as passagens aéreas diretamente, sem utilizar nada do programa de milhagens.

Segurança em primeiro lugar

Para quem precisa fazer dinheiro, os sites de compra e venda propiciam o ambiente ideal, com transações que sãorealizadas de forma prática e segura, todos os dias. porém, seja qual for seu objetivo, é fundamental que você escolha uma empresa séria, com experiência comprovada no mercado, endereço fixo e informações que possam ser facilmente consultadas, incluindo o CNPJ. Afinal, não é nada agradA?vel descobrir que suas milhas foram vendidas e você ficou a ver navios, sem receber o valor acordado!

Por isso, tome cuidado com promoções mirabolantes e desconfie das empresas que oferecem valores muito acima dos praticados no mercado. Uma boa medida de precaução é pesquisar as redes sociais e os mecanismos quevoz ao consumidor, como o Reclame Aqui, por exemplo. Se a empresa com a qual você pretende negociar possui muitas menA�A�es negativas, é bom repensar.

Por que vender minhas milhas?

Há vários benefícios reais em dispor dos pontos acumulados em programas de milhagens, desde que você saiba com quem está negociando e tenha chegado é conclusão que, de fato, não precisará mesmo desses créditos. Vamos conhecer algumas das vantagens envolvidas na negociação.

A validade está terminando, vou perder as milhas de qualquer jeito!

Aqui, o ganho potencial é A?bvio. Muitas pessoas chegam a ter dezenas de milhares de pontos que jamais serão utilizados, seja por que não costumam viajar, seja por que a validade terminarA? em um momento pouco propA�cio para o resgate. Portanto, se você se encontra numa situação como essa, não pense duas vezes: a venda é a melhor opção para obter lucro e evitar que seus créditos se desfaçam no ar.

Tenho muitas milhas, mas elas sãoservem para o trecho que preciso emitir.

De nada adianta ter milhas acumuladas se a companhia aérea não permite a utilização justamente para o trecho que você escolheu. é como ter um cofre cheio de moeda que não pode mais circular. Em algumas situações, você até consegue emitir passagens, mas a quantidade de escalas, a complexidade do trajeto e o desconforto dos horários disponíveis acabam tornando tudo mais difícil. Este é o tópico exemplo em que o barato sai caro.

Não pretendo viajar tão cedo e fazer algum dinheiro é justamente o que preciso agora

Talvez você tenha acumulado muitos créditos num determinado programa de milhagens e, por qualquer motivo, uma viagem não esteja entre suas prioridades. além disso, você entende que dinheiro, em espécie, seria uma ajuda bem-vinda neste momento. Se for o caso, não hesite: faça um bom negócio e evite que suas milhas expirem sem que você chegue a se lembrar delas. Ainda não se convenceu? Confira outrasvantagens próprias da venda de milhagens.

Onde vender minhas milhas

A venda de milhas aéreas é um negócio como outro qualquer, envolvendo oferta e procura. Você tem um produto que não vai utilizar e outros consumidores desejam adquirir, seja por que finalmente farão a viagem dos sonhos ou por que por sãoviajantes frequentes, sempre indo a novos lugares por exigência do trabalho e precisam de milhas para completar determinado trecho.

A primeira providA?ncia é escolher uma empresa sA?lida com a qual você possa se sentir seguro para negociar, conforme dito anteriormente. Depois disso, bastarA?o poucos passos para concretizar a transação: você pode realizar uma cotação online para saber quanto valem as milhas que deseja vender e fechar o negócio diretamente com a empresa. é possível fazer no site e saber rapidamente quanto valem as milhas que um usuário possui. Geralmente, para realizar a venda é preciso ter um número mínimo de milhas . Você deverá fornecer seu nome, documento de identificação, endereço fixo e telefone, além dos dados do seu programa de fidelidade e as informações bancárias para o depA?sito.

As maiores vantagens sãoa rapidez, a praticidade e a segurança. Se a empresa aprovar o seu pedido, o dinheiro é repassado antecipadamente, o que significa que só então você fornecerA? a senha do programa de milhagens, permitindo a emissão da passagem aérea no nome do comprador. Assim que a transação é concluA�da seus dados sãoapagados do sistema, mas a própria empresa recomenda que você mude a senha de resgate de pontos depois de alguns dias, como medida extra de precaução.

Há mais de nove anos no mercado de compra de milhas aéreas, a HotMilhas trabalha exatamente desta forma. Os clientes levam cerca de um minuto para saber, por e-mail, quanto valem seus pontos. A partir daA�, o usuário faz o cadastro no site e já pode dar início às negociações. A equipe da HotMilhas responde prontamente quaisquer dA?vidas, além de entrar em contato por telefone para confirmar a solicitação de venda.

O pagamento antecipado das milhas negociadas é extremamente vantajoso, tornando a transação rápida e bastante atrativa para os usuários. Depois que o dinheiro estiver na conta bancária, basta responder o link enviado pela HotMilhas, informando a senha para que seja feito o resgate. Uma excelente oportunidade para converter pontos em dinheiro, sem burocracia e com total segurança. Que tal conhecer a HotMilhas? Faça uma cotação e descubra quanto hoje mesmo quanto você pode ganhar! Saiba opasso a passo para realizar a venda.

DA?vidas frequentes

Por se tratar de um mercado relativamente novo, é natural que muitos consumidores ainda tenham questionamentos sobre o funcionamento da compra e da venda de milhagens. Abaixo, seguem perguntas feitas frequentemente:

Há uma quantidade máxima de milhas que posso vender?

Resposta: Não há limite, você pode vender todas as suas milhas, desde que a transação seja aprovada. Por outro lado, há uma quantidade mínima para cada programa de milhagem. Clique aqui e descubra quais são as regras.

As empresas guardam os dados dos clientes relativos aos programas de milhagens?

Resposta: Na HotMilhas esta é uma questão tratada com muita seriedade. Em nome da segurança dos usuários, as informações sãomantidas até que a transação esteja concluA�da e os pontos sejam totalmente utilizados. Depois disso, tudo é apagado integralmente dos bancos de dados da empresa – confira outrasdA?vidas bastante comuns.

Vender milhas é uma atividade permitida por lei?

Resposta: ninguém pode proibir você de comercializar suas milhas, quando e como quiser. porém, os programas de fidelidade costumam incluir uma cláusula nos contratos de adesão, informando que a venda de milhas não é permitida – fique atento a essas “letras miA?das”. Na HotMilhas, consideramos esta postura abusiva, já que ela cerceia de maneira flagrante o direito do consumidor de decidir o que fazer com pontos ou milhas adquiridas, na maioria das vezes, com seu cartão de crédito.

Vale acrescentar que essa cláusula de proibiA�A?o é considerada nula pelo PROCON, o A?rgA?o de defesa do consumidor vinculado é Secretaria da JustiA�a e da Defesa da Cidadania –saiba mais sobre o assunto.

Conclusão

Todos os dias somos obrigados a pagar por uma série de produtos e serviços sem os quais a vida não pode funcionar. O orçamento pessoal e familiar está repleto de gastos programados, ou seja, aqueles que terão de ser feitos de um jeito ou de outro. Ao mesmo tempo, a todo instante surgem imprevistos e novas necessidades que nos fazem sacar o cartão de crédito.

Por que não aproveitar inteligentemente a execuA�A?o do planejamento financeiro para resgatar, pelo menos em parte, os recursos empregados no cotidiano? Basta aderir a um programa de milhagens. Em pouco tempo, quando você menos esperar, poderá ter pontos suficientes para vender e lucrar.

Gostou de saber de tudo isso? Ainda tem dA?vidas sobre o processo de venda de milhas e as vantagens dessa prática? Deixe seu comentário aqui no blog e conte para nA?s! Teremos prazer em ajudar você a saber mais sobre a HotMilhas e fazer ótimos negócios!

Posts relacionados

Comentários (2)

  • Informo que tenho 30.000 pontos no cartão de crédito que posso converter em 30.000 milhas.

    Na empresa Smiles há promoções que dão 60% de bônus, que daria 18.000 milhas de bônus. No regulamento diz que o bônus é pessoal e intransferível.
    Totalizando 48.000 milhas.

    Tenho a seguinte dúvida:
    Também posso vender pra hotmilhas essas 18.000 milhas de bônus, ou apenas as 30.000 milhas?

Escreva seu comentário