Entenda tudo sobre o mundo das Milhas e Viagens.

Na Hot Milhas a segurança está em primeiro lugar, mais de 1.000.000 pessoas aprovam no Facebook.

Blog

13 jul 2017

9 maneiras legítimas de gerar renda extra

Quando as contas começam a ficar mais altas do que deveriam e o aumento salarial parece não estar tão próximo, uma alternativa viável é gerar renda extra. Essa é uma solução antiga, mas que, com as inovações tecnológicas, tem se modernizado e oferecido às pessoas possibilidades cada vez mais sofisticadas.

Sendo assim, por que não considerá-las? Por isso, conheça agora nove dessas possibilidades que permitem a você reforçar o seu caixa pessoal e, assim, obter maior qualidade de vida. Confira.

1. Revise o uso de seus cartões de crédito

Sobre esse tema, basta se concentrar em dois pontos:

  • as tarifas;
  • os benefícios que ele oferece;

Quanto às tarifas, procure substituir seu cartão atual por algum que ofereça taxas reduzidas, como de anuidade, por exemplo. A boa notícia é que já existem no mercado soluções totalmente isentas de tarifas, como o Banco Intermedium. Pode não parecer algo significativo, mas somente no primeiro semestre de 2016, as mensalidades dos pacotes de serviços de conta-corrente subiram em média 12% em relação ao ano anterior.

Além disso, é preciso pensar nos benefícios que os cartões oferecem. Talvez o melhor deles esteja nos pontos atribuídos a cada compra. Quando você usa o seu cartão de crédito para obter pontos, tem a possibilidade de convertê-los em milhas e, então, vendê-las posteriormente, garantindo, assim, uma fonte de renda proveniente de seus próprios gastos do dia a dia.

2. Aproveite as oportunidades da economia compartilhada

Você pode usar seus bens pessoais para faturar um dinheiro extra no fim do mês. Com o Uber, basta usar seu carro para oferecer carona às pessoas. Já o Airbnb permite que você disponibilize um espaço dentro da sua casa momentaneamente. Isso é excelente para quem possui quartos disponíveis ou até mesmo casas inteiras e não tem tempo ou disposição para fazer toda a burocracia de um aluguel tradicional.

Soluções de economia compartilhada estão em evidência no momento. Não deixe de considerar essas alternativas.

3. Faça um freela

Outra facilidade que a tecnologia trouxe é que hoje em dia pode-se fazer praticamente tudo via internet. Soluções como a Cloud Computing, por exemplo, permitem que você armazene documentos e arquivos no ambiente virtual e tenha acesso a eles de qualquer computador, reduzindo consideravelmente a antiga dependência de ferramentas físicas como CDs, disquetes e pen drives.

Sendo assim, por que não usar essas facilidades para lucrar? Você pode oferecer seus serviços para clientes periódicos e dessa forma obter renda extra. Recursos não faltarão.

4. Conheça opções de investimento

Não é somente você quem precisa trabalhar pelo seu dinheiro. É possível fazer com que ele trabalhe para você. De que maneira? Sabendo investir. Isso começa com uma reeducação financeira, reservando uma quantia do seu salário para esse fim. Mas não use a poupança. Procure por aplicações que ofereçam uma liquidez melhor e rendimentos acima da inflação.

Assim, a longo prazo, mesmo que você invista pouco dinheiro a cada mês, terá um montante acumulado capaz de dar a você e sua família uma melhor qualidade de vida.

Procure por soluções como a compra de títulos públicos que ofereçam liquidez diária e rendam sob juros compostos.

5. Dê aulas para gerar renda extra

Certamente a forma mais antiga de compartilhar conhecimento é dando aulas. E isso também se modernizou. Hoje é possível colaborar com plataformas voltadas à educação

Se você tem alguma aptidão e gosta de ensinar, aproveite essa oportunidade. Monte um canal no Youtube. Você pode lucrar com o Google AdSense se suas videoaulas tiverem muitos acessos.

6. Adquira uma franquia virtual

Essa opção não é exclusiva para quem já possui dinheiro acumulado, pois você pode buscar alternativas como empréstimos para montar sua própria empresa no sistema de franquias. Algumas delas, voltadas ao marketing digital não costumam ser tão caras, pois são baseadas em ambiente online, ou seja, é possível economizar com recursos que certamente seriam mais caros em unidades físicas de franquia.

Se você tem o perfil empreendedor, não deixe de considerar essa solução. No sistema de franquias você recebe todo o treinamento necessário para manter em funcionamento o padrão da empresa e, assim, alcançar resultados de maneira mais rápida.

7. Trabalhe com infoprodutos

Possui algum conhecimento que considera útil para as pessoas? Então saiba que você pode usar seu tempo extra para criar materiais digitais de qualidade.

Se até algumas décadas atrás as publicações eram restritas a grandes editoras e autores consagrados, hoje já é possível lucrar mesmo sendo um escritor de primeira viagem. Basta desenvolver um material rico e útil para o público e procurar por soluções de publicação gratuitas como o Kindle, por exemplo.

Além disso, você pode começar a compartilhar suas produções nas redes sociais e apostar no efeito de disseminação de conteúdo para criar uma fonte de renda extra e até mesmo uma nova carreira, caso seja de seu interesse.

8. Crie um blog

O blog permite a você lucrar com propaganda. Programas desenvolvidos por empresas como a Amazon e o Google, inserem anúncios em sua página sem custo algum no sistema de parceria. Dessa forma, quanto maior for a audiência que você conseguir atingir, maior será a possibilidade de obter cliques e, assim, receber um bom dinheiro.

O segredo aqui é se concentrar na criação de um conteúdo específico, voltado para um segmento determinado de mercado. Com o Google Adsense, por exemplo, você pode obter até 100 dólares por dia. Por isso, não deixe de investir se tiver uma boa ideia para trabalhar com conteúdo.

9. Crie um aplicativo

Quem não possui ao alcance de suas mãos soluções para problemas triviais do dia a dia? A tecnologia mobile parece ter um potencial inesgotável para a criatividade humana. E para isso você já pode contar com recursos como o Easy Easy Apps, uma plataforma online para a criação de aplicativos.

Não tem conhecimento técnico de programação, mas acredita na sua ideia? Não tem problema. Você pode usar essa ferramenta e vender sua proposta numa loja de downloads. Quanto mais pessoas baixarem seu App, maior será o seu lucro.

Além disso, você pode obter renda também com o oferecimento de espaços publicitários no seu App.

Ficou interessado em alguma das alternativas para gerar renda extra? Não deixe de conferir também se vale a pena vender os pontos no cartão de crédito.

Posts relacionados

Comentários

*