Entenda tudo sobre o mundo das Milhas e Viagens.

Na Hot Milhas a segurança está em primeiro lugar, mais de 1.000.000 pessoas aprovam no Facebook.

Blog

23 abr 2017

Cartão de crédito: o que considerar para acertar na escolha?

 

O cartão de crédito pode ser tanto um aliado quanto um vilão na sua vida financeira. Tudo vai depender da escolha do tipo certo e da forma como você usa. Hoje, com tanta informação à disposição, só não aproveita as oportunidades quem realmente não quer.

Trocar o dinheiro por cartão é uma forma de segurança, mas no débito poucas vantagens são oferecidas. O cartão de crédito, por outro lado, oferece benefícios que, muitas vezes, compensam concentrar todas as suas despesas mensais nele.

Mas cuidado. Essa estratégia envolve planejamento, uso adequado e a escolha do cartão de crédito que atenda o seu perfil de consumidor. Caso contrário, pode perder o controle e acumular dívidas.

Para evitar que isso aconteça, acompanhe o que você precisa considerar para não errar na escolha. Continue lendo e aproveite as oportunidades!

Como pretende usar o cartão de crédito?

Antes de escolher um cartão, a primeira pergunta que deve fazer é: como pretendo usá-lo? Você vai conseguir honrar os pagamentos das faturas mensais? Vai utilizá-lo para concentrar todas as suas despesas ou apenas para emergências?

A primeira e a segunda pergunta você deve responder olhando para o seu orçamento. Geralmente, o limite do cartão de crédito é mais alto do que o salário que ganha, tornando tentador exceder as compras mensais. Então, a menos que sejam compras programadas, fique atento.

A terceira pergunta depende da sua estratégia. Concentrar as despesas mensais pode ser interessante se o cartão oferecer programa de recompensas, mas é preciso verificar a cobrança de juros. Se houver e for alta, tirará toda a vantagem que ele oferece a longo prazo.

Se tiver dificuldades em controlar as finanças ou for impulsivo nas compras, ainda assim pode contar com os benefícios de um cartão de crédito. Basta solicitar a redução do limite de crédito para forçar um impedimento em seu uso.

Como é o relacionamento com a empresa emissora?

Se você já possui algum outro cartão de crédito ou de débito da operadora, pode ter mais benefícios pelo histórico de relacionamento com ela.

Por exemplo, digamos que você tenha uma conta-corrente e poupança no mesmo banco e as movimenta com frequência por meio de um cartão de débito de uma determinada bandeira. Ao solicitar um cartão de crédito nesse banco e com a mesma bandeira do cartão de débito, tanto o banco quanto a operadora reconhecerão você como um cliente ativo, terão maior segurança para conceder limites maiores e vão oferecer um pacote de benefícios mais atrativo.

Quais os programas e benefícios oferecidos?

Muitas emissoras de cartão de crédito oferecem um programa de milhas e/ou pontos que podem ser acumulados toda vez que você fizer uma compra. Acumular milhas é uma forma de gerar economia, uma vez que poderá viajar gratuitamente. Também é possível trocá-las por produtos e outros serviços, bem como vendê-las para resgatar o valor em dinheiro.

Esta última, compensa mais, pois o valor do resgate em dinheiro costuma ser maior do que a troca por algum produto.

Se pretende concentrar todas as suas despesas mensais no cartão de crédito com a finalidade de aproveitar essas oportunidades, veja antes o que ele oferece para não se arrepender depois.

Como a anuidade é cobrada?

Alguns tipos de cartões de crédito não cobram anuidade, mas isso vai depender do relacionamento que você tem com o banco e a operadora e, talvez, não tenha um pacote de benefícios tão favorável.

Pagar anuidade não é uma coisa ruim. É até compreensível, se o cartão lhe oferecer muitos benefícios e não cobrar juros mensais pelas compras. Mas o valor não pode ser tão alto a ponto de eliminar todas as vantagens.

Então, antes de escolher o seu, pesquise se o valor da anuidade cobrada é compensado pelos benefícios e vantagens oferecidos.

Qual o seu limite de crédito?

Quanto você precisa de limite de crédito? Se o cartão for utilizado apenas para cobrir eventuais emergências, um limite abaixo ou igual ao seu salário pode ser suficiente.

No caso de concentrar as suas despesas mensais para acumular milhas, um limite maior será mais adequado, pois além de cobrir as despesas mensais, ainda poderá comprar algum item mais caro e parcelar o seu pagamento.

Desde que sejam compras programadas e controladas no orçamento, essa é uma boa estratégia para usar o dinheiro de terceiros e antecipar um sonho. De quebra, acumulará uma quantidade maior de milhas.

Quais as taxas de juros?

E não é só no valor da anuidade cobrada que precisa ficar de olho. Como muita gente prefere concentrar as suas despesas mensais no cartão de crédito para acumular o máximo de milhas possível, as taxas de juros cobradas podem impactar negativamente o seu orçamento, tornando a estratégia inviável.

Em alguns cartões a taxa pode ser fixa. Já em outros, podem ser variáveis dependendo do valor da compra e número de parcelas em que foi dividida. Lembrando que, os cartões de crédito que cobram anuidade costumam não cobrar juros pelas compras realizadas. Nesse caso, cabe a você pesar o que vale mais: pagar juros pelas compras mensais, ou pagar anuidade?

E as penalidades?

Pode parecer inútil pensar nisso agora, já que pretende pagar as faturas na data certa. Mas em algum momento, situações imprevistas podem surgir mudando totalmente o cenário.

A perda de um emprego, divórcio, acidente, doença ou qualquer outra eventualidade pode forçar você a atrasar alguns pagamentos. Mesmo não querendo que isso aconteça, pode ser necessário para equilibrar as contas e não faltar dinheiro em um momento tão delicado.

O problema é que, as operadoras de cartão de crédito e os bancos não se importam muito com isso. Eles apenas querem o dinheiro que você deve e esses atrasos podem gerar penalidades duras.

Por isso, seria prudente, antes de contratar um cartão de crédito, consultar as penalidades aplicadas diante dos atrasos como juros e multas.

Ao seguir esses passos, tenho certeza que conseguirá escolher um cartão de crédito mais adequado ao seu perfil de consumo e ainda poderá ter acesso aos benefícios oferecidos. Dessa forma, o cartão trabalhará como um aliado e passará de um mero instrumento de compras para um inteligente meio de investimento.

Gostou das dicas? Compartilhe nas redes sociais e ajude também os seus conhecidos, amigos e familiares.

Posts relacionados

Comentários

*