Bem vindo!

Entenda tudo sobre o mundo das milhas
E descubra como lucrar mais.

Nenhum comentário

Orçamento doméstico: saiba como elaborar corretamente


Trocar de carro, começar a estudar uma língua estrangeira, fazer uma viagem, ter um filho, livrar-se das dúvidas de uma vez por todas. São muitos os objetivos e sonhos da nossa vida que necessitam de um orçamento doméstico eficiente para que possamos tirá-los do papel.
Entretanto, em meio aos gastos diários e às contas fixas, os planos de chegar ao final do mês com algum dinheiro extra acabam indo por Água abaixo, não é mesmo?
A boa notícia é que, por meio de algumas estratégias práticas e muito eficientes, você conseguirá reduzir suas despesas, economizar e aprender a gerenciar melhor suas finanças. Dessa maneira, seus objetivos ficarão muito mais perto da realidade.
Quer saber como? Então, continue a leitura, aprenda a elaborar seu orçamento doméstico e mãos é obra!

Determine o limite de gastos diários da família para um melhor orçamento doméstico

Antes de mais nada, é fundamental entender que, para reduzir mesmo as despesas, toda a família tem que embarcar junta nesse objetivo. Não adianta nada todo mundo se mobilizar em prol da economia se uma única pessoa da casa resolver esbanjar nos gastos.
Portanto, o orçamento doméstico eficiente requer o estabelecimento de um limite para os gastos diários de todos que moram na casa. Dessa maneira, vocês farão uma real diferença nas despesas e, além disso, servirão como apoio moral um para o outro.

Conheça todos os seus gastos

além dos gastos diários mencionados no tópico anterior, há muitos outros elementos que podem estar comprometendo seu orçamento doméstico. Para identificar todos eles, portanto, é necessário conhecer a fundo todas as suas finanças.
Para tanto, mantenha um registro minucioso de todas as suas despesas, não deixando de incluir absolutamente nada. Com isso, ao final do mês, você saberá exatamente onde cada centavo foi parar.
Dessa forma, poderá averiguar quais departamentos estão consumindo mais de seus recursos (alimentação, lazer, transporte etc.) e pensar em maneiras estratégicas de diminuir esses gastos. O que não for possível cortar totalmente do orçamento pode ser substituído por opções mais em conta.

Determine seus objetivos de vida

Fazer mudanças no seu estilo de vida atual e praticar a economia será muito mais fácil e recompensador se você se sentir motivado. Portanto, pense e anote quais são seus objetivos de vida a curto, médio e longo prazo.
Você pode estar precisando trocar de carro, por exemplo. Daqui a dois anos, quer fazer uma viagem bacana com a família, ou começar a pós-graduação. Finalmente, em cinco ou seis anos, quer comprar um imóvel próprio.
Sejam quais forem suas metas e sonhos, coloque-os no papel e anote quanto cada um deles custará. Dessa forma, você poderá planejar suas finanças com esses objetivos e valores em mente e, assim, ter mais forças para mudar seus hábitos e economizar.

Pesquise os preços antes de efetivar a compra

Atualmente, com o auxílio fundamental da internet, não há nada mais prático do que pesquisar o preço de um determinado produto em diversos estabelecimentos. Sites como o Zoom, por exemplo, permitem que você encontre os melhores valores e formas de pagamento para o que você quer comprar.
Mesmo fora da internet, entretanto, a pesquisa antes da compra é imprescindível para seu orçamento doméstico. Para as compras no supermercado, visite alguns estabelecimentos da região e procure os melhores preços e promoções.
Economizar tempo também é importante, mas, sempre que necessário, divida suas compras por vários supermercados, aproveitando as melhores condições de cada um.

Faça listas de compras e siga-as é risca

Os gastos supérfluos estão entre os piores inimigos da economia. Mas como livrar-se deles? Aquele cafezinho antes do trabalho, um almoço caprichado em um restaurante badalado, aquele novo sorvete no supermercado. São gastos que podem até parecer baixos, mas quando somados, revelam uma verdadeira fortuna gasta com itens que você comprou sem pensar.
Por isso, para revolucionar de uma vez por todas a forma com que você gerencia suas finanças, é fundamental organizar listas de compras e segui-las é risca para que, assim, você possa reduzir de verdade seus gastos. No começo, pode ser difícil, mas o hábito logo se tornará parte do seu dia a dia e da sua família.
Você pode até mesmo dividir a lista de compras pela prioridade dos itens, por exemplo, “comprar”, “comprar se estiver em promoção” etc. O importante é colocar no papel tudo o que deve e pode ser comprado, mantendo tudo o que não estiver na lista de fora também do seu carrinho.

Use o modo de pagamento mais vantajoso

Qual é o programa de fidelidade vinculado ao seu cartão de crédito? Descubra essa informação agora mesmo e passe a fazer parte oficial do plano de pontuação da companhia aérea.
Dessa maneira, você poderá usar o cartão de crédito em momentos estratégicos e, assim, conquistar diversos pontos que você simplesmente não teria se tivesse utilizado outra forma de pagamento.
E o que fazer com esses pontos? Para quem quer economizar, conquistar um objetivo específico ou estabelecer uma reserva de emergência, a melhor opção é, sem dúvidas, trocar esses pontos acumulados por milhas aéreas.
Essas milhas, por sua vez, podem ser vendidas com a mediação de uma empresa especializada. Trata-se de um processo seguro e muito simples. Você solicita a cotação das milhas que quiser vender e, então, decide se vai vendê-las. Ao fazer isso, você recebe o valor combinado direto na sua conta, só depois você disponibiliza o acesso é suas milhas, e elas ficam, então, disponíveis para a empresa.
Para você, o benefício é o dinheiro extra conquistado apenas por meio da organização necessária para acumular a maior quantidade possível de pontos.

Compre nos estabelecimentos que lhe darão pontos

Assim como a forma de pagamento, os próprios estabelecimentos de compra devem ser escolhidos com base no programa de pontos do qual você participa.
Nas lojas parceiras do programa, você consegue muito mais pontos do que em outros estabelecimentos. Consequentemente, você poderá trocá-los por mais milhas que, então, poderá vender para conseguir um dinheiro extra. Tudo isso conquistado simplesmente por meio de compras já necessárias para seu dia a dia!
Dessa forma, sem aumentar seus gastos e sem ter que dedicar seu tempo a outras atividades remuneradas, você pode conquistar valores bastante interessantes para complementar sua renda ou, como mencionamos anteriormente, tirar sonhos do papel ou ficar mais tranquilo sabendo que você tem os recursos necessários para o caso de qualquer imprevisto.
Pronto para colocar nossas estratégias em prática, otimizar seu orçamento doméstico e finalmente conseguir economizar? Então, compartilhe este post suas redes sociais e ajude também seus amigos e colegas que estão precisando de uma mãozinha com as finanças!

Posts relacionados

Vender milhas, tudo o que você deve saber sobre este mercado

O mercado de venda de milhas não é um bicho de sete cabeças e neste artigo você irá descobrir tudo o que precisa para lucrar…

Como ganhar dinheiro com o cartão de crédito

Poucas pessoas sabem que existe a possibilidade de ganhar dinheiro com o cartão de crédito e conseguir renda extra aproveitando todos os benefícios que a…

Como ganhar milhas, 9 atividades que vão te colocar neste mundo

Saiba como ganhar milhas conferindo 9 dicas que vão te ajudar a cair de cabeça nesse universo extraordinário Entra ano e sai ano, milhões de…

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fale conosco
COTAR AGORA